terça-feira, abril 12, 2005


Marketing traduzido

Muitas pessoas acham que marketing significa vendas. Não é bem assim. O objetivo principal do marketing é influenciar as pessoas a decidirem que se relacionar, negociar ou comprar de alguém é a melhor opção. O marketing procura estabelecer um ambiente propício para que essa relação estabeleça os melhores benefícios entre as partes, gerando lucro. E lucro não significa apenas ganho financeiro, mas também a aquisição satisfatória de produtos e serviços, retorno de imagem, aumento na participação de mercado, ou ainda, tudo que agregue valor e seja percebido como vantagens pelas pessoas.

Por mais estranho que pareça, marketing tem pouco a ver com vendas, mas tem muito a ver com a criação de circunstâncias que façam da venda o próximo passo lógico e apropriado. O marketing ajuda a estabelecer um clima no qual a força de vendas pode mostrar todo o seu comprometimento. Para se obterem ações bem-sucedidas de marketing, é preciso planejar antes de tudo, estudar o ambiente e os cenários com profundidade, avaliar os valores e as variáveis críticas, considerar os prós e contras, inclusive as oportunidades e ameaças. Os objetivos devem ser claros, mensuráveis e factíveis.

Pode-se dizer, em linhas gerais, que um programa de marketing de sucesso faz com que empresas e pessoas se diferenciem dos demais, desde que consiga apresentar uma identidade forte, foco nas suas atividades, um excelente posicionamento, alta visibilidade, atenção aos detalhes e eficácia na comunicação para o mercado, quando é percebido pelo público-alvo, deixando-o encantado. Normalmente, quando uma necessidade é levantada, quem é lembrado primeiro tem uma marca forte e, geralmente, leva à venda.

Em muitos ramos, é bastante comum ver empresas concorrentes copiando o marketing umas das outras. Ser um clone faz com que elas se tornem vulneráveis e sempre em desvantagem competitiva. No entanto, lamentavelmente, muitas vezes, clientes deixam de se relacionar com empresas e pessoas, porque se sentem ignorados ou esquecidos. Quando isso ocorre, buscam novos relacionamentos para ver se alguém lhes dá a atenção que merecem.

Nos dias de hoje, saber que alguém se preocupa, verdadeiramente, com o indivíduo faz a diferença, e é o que mais se espera. Sugere-se que, toda vez que começar algo, termine. Acompanhe o processo do início ao fim e avalie sempre os resultados. Os olhos de quem executa um plano de marketing, nunca podem se afastar do seu objetivo, porque ele deve ser o fortalecimento das relações e dos laços entre as pessoas.

matéria de: Admar Santiago é administrador com habilitação em marketing.

posted by Iris • IFD @ 5:36 PM



 

Subscribe to RSS headline updates from:
Powered by FeedBurner