quarta-feira, setembro 13, 2006


Quando a empresa não sabe o que fazer de seu site

Muitos clientes ainda querem sites apenas institucionais para suas empresas porque não percebem a oportunidade de usá-los dentro de uma visão estratégica, seja para melhorar processos ou gerar novos negócios.

A importância da internet para as empresas é indiscutível. Aquelas que desejam expandir seus negócios e se relacionar com clientes estão na web obrigatoriamente. Existe uma percepção de que a internet é a próxima “fronteira” da competitividade.

É fundamental que a presença digital seja aperfeiçoada constantemente, pois o fato de simplesmente “estar” na rede, não significa que uma empresa oferece o que deveria. A qualidade, o conteúdo e os serviços oferecidos são decisivos para os usuários.

Quando a internet começou a se popularizar, empresas de todos os setores da economia começaram a desenvolver sites institucionais para atender à nova demanda dos consumidores. E muitas ficaram com uma falsa sensação de que o problema havia sito resolvido: “Estamos na internet!”.

Esse tipo de presença não é garantia de nada. Assim como existe o boca a boca entre consumidores insatisfeitos com uma loja ou restaurante, é comum encontrar pessoas que comentam a má qualidade de sites corporativos, principalmente entre as empresas prestadoras de serviços, cuja avaliação deveria ser muito mais favorável.

Ao desenvolver um projeto web, muitas companhias são impulsionadas mais pelo desejo de acompanhar a inovação tecnológica e também pelos movimentos da concorrência, do que por uma visão estratégica sobre como a internet pode melhor seus processos e contribuir para a geração de novos negócios.

As dificuldades com a cultura e a estrutura organizacionais são os maiores entraves para uma percepção diferenciada sobre o meio digital, o que indica que as empresas nem sempre estão preparadas para a dinâmica existente na web.

As motivações para a presença na internet são variadas. Muitas empresas buscam o fortalecimento de sua imagem institucional, outras a utilizam como uma nova mídia para a melhoria da comunicação com clientes.

Infelizmente, é comum para diversas empresas encararem a presença na internet como uma obrigação corporativa e não um diferencial competitivo. O investimento digital deve ser considerado como peça fundamental na evolução dos negócios.

Menosprezar a importância da internet pode ser um erro estratégico, que jogará a empresa no limbo das companhias que deixam de ter importância digitalmente, cuja presença online não passa de um apanhado de textos e imagens sem valor para os usuários.

É preciso planejamento estratégico, investimento e acompanhamento constante, mas inevitavelmente, o retorno virá. As empresas que não perceberem isso agora correm o sério risco de perder mercado e prejudicar a percepção de seus clientes sobre sua imagem, principalmente entre o público jovem.

autor: Renato Mendes
fonte: webinsider

.

posted by Iris • IFD @ 10:37 AM



 

Subscribe to RSS headline updates from:
Powered by FeedBurner